Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

aquiloquesintoporti

Aquiloquesintoporti pretende ser uma página onde eu, João Nunes, escrevo e partilho textos da minha autoria sobre tudo o que compõem a definição de amar.

aquiloquesintoporti

Aquiloquesintoporti pretende ser uma página onde eu, João Nunes, escrevo e partilho textos da minha autoria sobre tudo o que compõem a definição de amar.

com Força

"Louco, agarrei-me aos seus lábios.
Doente, procurei a cura no seu peito.
Perdido, tentei guiar-me pelo seu olhar.
Apaixonado fiz letras e músicas. Prosas e poemas. Rimas.
Fui apelidado de sonhador, doente, perdedor.
Parei o tempo, e desdobrei mil horas em mil noites.
Deixei a minha vida, em pedaços.
Por um sonho e por uma vida. Pelo seu amor.
Vi o futuro, ao virar da esquina, o carinho, sentado no banco do jardim.
Vi ainda mais…
A definição da amizade em palavras complexas.
Vi, o poder do abraço, quente e frio, preto e branco.
Avancei incansável, naquele deserto, a que chamaram vida, um dia.
Escrevi, apaguei, sonhei, cresci.
Fiz mil vontades, em mil auroras.
E decidi, oferecer ao destino, os nossos corpos…
O mar da sua imensidão.
A força do seu toque.
...
E tu?
Quantas vezes já fizeste o mesmo?" - JoãoNunes #aquiloquesintoporti

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.