Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

aquiloquesintoporti

Aquiloquesintoporti pretende ser uma página onde eu, João Nunes, escrevo e partilho textos da minha autoria sobre tudo o que compõem a definição de amar.

aquiloquesintoporti

Aquiloquesintoporti pretende ser uma página onde eu, João Nunes, escrevo e partilho textos da minha autoria sobre tudo o que compõem a definição de amar.

apaguei!

"Apaguei a luz fraca do candeeiro.
Ouço a chuva fria no vidro.
A noite cai rápido, escura.
Hoje nem as estrelas ficaram para me fazer companhia, o que me resta?
O meu reflexo, sozinho?
Uma música épica e as teclas do computador?
Sento-me na cadeira confortável, azul.
Ligo o meu confidente.
Abro a aplicação das notas, ela chama por mim.
Onde está o Youtube?
Faço play na música.
Respiro fundo, olho para a folha branca e preparo-me para a viagem.
Tu és o meu destino.
Percorro mil anos luz, nesta montanha russa de sentimentos.
Ouço no fundo uma voz a dizer-me que já chega, mas os dedos não me obedecem.
Nesta altura da madrugada já é apenas o meu coração que escreve, em modo automático.
Acordo deste estado de hipnose, com o barulho do último trovão.
Espero que o sangue, me corra novamente nas veias.
Levanto-me e confirmo que a chuva já passou, o sol nasce.
Está na hora de dormir um pouco.
Só peço para sonhar contigo.
Novamente." - JoãoNunes #aquiloquesintoporti

2 comentários

Comentar post